Uma colecção de belos textos em prosa e em verso. Alguns dos melhores poemas em língua portuguesa

Num lugar que terás de descobrir - que fica sempre alto e longe - existe para ti uma lagoa meio escavada na rocha, com relva muito verde em parte das margens e cantos alegres de pássaros calmos. Encontram-se lá os que amas, fortes e generosos. Sorridentes.
Ler mais

Para sonhar o que poucos ousaram sonhar. Para realizar aquilo que já te disseram que não podia ser feito. Para alcançar a estrela inalcançável. Essa será a tua tarefa: alcançar essa estrela. Sem quereres saber quão longe ela se encontra.
Ler mais

Onde houver uma árvore para plantar, planta-a tu; onde houver um erro para corrigir, corrige-o tu; onde houver uma tarefa que todos recusem, aceita-a tu. Sê quem tira a pedra do caminho, o ódio dos corações e as dificuldades dos problemas. Ler mais

Quero fazer um poema de luz

Quero fazer um poema de luz Um poema do tempo transparente Em que cada sensação Me seja dada como um nascimento Um poema que tudo transfigure Em que não haja nada ausente E em que cada presença Seja próxima da eternidade Um poema assim eu quero Um poema que ao lê-lo Possa ver Deus do […]

Alegoria

Tremeluzem os Astros do Céu nítido: Dona Cigarra faz serão. Como há-de ela dormir, se a vida é curta? – Cigarra que se preza, quando morre, não deve estar a meio da canção. Ninguém pára a saber por que é que ela canta. Ninguém lhe dá ouvidos nem conforto. Melhor, assim: assim, não perde tempo […]

Dois pássaros

O pássaro prisioneiro vivia na sua gaiola. O pássaro livre vivia na floresta. Um dia encontraram-se, porque assim estava escrito no destino. O pássaro preso sussurrava: “Vem para junto de mim, vivamos ambos na gaiola!” Dizia o pássaro livre: “Dentro dessas grades, onde encontrarei espaço para abrir as asas?” “Ah”, dizia o pássaro fechado, “eu […]

Gaspar

— Não receberás a protecção das nossas leis, e os nossos juízes julgarão em sentença contra ti, e a tua razão será como um punhado de cinza. Como a gente da ralé, não terás nem protecção nem defesa enquanto não te curvares perante o altar do Bezerro para adorar os ídolos que nós adoramos.
E Gaspar respondeu:
— O meu deus é em mim como uma fonte que não pára de correr e é em meu redor como o muro de uma fortaleza.